MATURIDADE EMOCIONAL

Geralmente, a maturidade é associada à idade cronológica de cada um. No entanto, quando se trata de maturidade emocional, a idade pode ter pouco a ver com isso. Muitas vezes a maturidade física chega antes da maturidade emocional.

Amadurecer é entender que não existe amor maior do que o amor próprio.

A maturidade emocional exige trabalho, esforço, boa vontade e o desejo de olhar para dentro e se conhecer melhor, com a cabeça e o coração em perfeita sintonia. Amadurecer significa encarar a realidade como ela é, muitas vezes bem mais dolorosa do que gostaríamos.

Abaixo, seguem algumas características de pessoas emocionalmente maduras:

  • Saber dizer adeus: Muitos de nós, temos medo de deixar a vida fluir. Pensar que o passado foi melhor, nos impede de seguir em frente. As pessoas emocionalmente maduras sabem que a vida fica muito melhor quando é vivida com liberdade.
  • Conseguir olhar para o seu passado sem dor: Limpar a dor do nosso passado é extremamente necessário para avançarmos em nosso caminho emocional. As pessoas emocionalmente maduras sabem da importância de viver no presente, aprenda com os erros e siga em frente.
  • Ter consciência do que pensam e sabem: A maturidade emocional nos ajuda a entender nossos próprios sentimentos. As pessoas emocionalmente maduras se esforçam para escrever e pensar sobre as suas opiniões ou sobre como se sentem. A clareza mental das pessoas maduras contrasta com a preguiça e o caos mental das pessoas imaturas.
  • Não reclamar das coisas: Parar de reclamar é a melhor maneira de começar as mudanças. As pessoas emocionalmente maduras já aprenderam que somos o que pensamos.  Se você agir mais e reclamar menos, significa que está crescendo emocionalmente.
  • Ser uma pessoa empática: As pessoas emocionalmente maduras têm respeito por si mesmas e pelos outros. Sabem ouvir, falar e trocar informações. Aprenderam a olhar de forma generosa para o outro; todos nós temos valores diferentes, mas queremos ser aceitos e felizes.
  • Não se castigar pelos seus erros: Aprendemos com os nossos erros; falhar nos permite enxergar os caminhos que não devemos seguir. As pessoas maduras não se punem por possuírem limitações, as aceitam e tentam melhorar. Nem sempre tudo acontece como queremos, mas cada erro é uma oportunidade para o crescimento pessoal.
  • Aprender a se abrir emocionalmente: É muito importante ter comprometimento, amor, autoconfiança e acreditar nas pessoas. Não seja perfeccionista e nem espere a perfeição dos outros. Esqueça as desavenças e perdoe, inclusive a você mesmo.

Maturidade emocional é assumir o controle da sua vida, ter sua própria visão de mundo e ambição para o sucesso. Ao desenvolver a maturidade emocional a vida torna-se um prazer, e não uma obrigação.

Fonte: baseado no texto de Marli Guári para o site A Mente é Maravilhosa
Foto: pexels-photo-103127

Deixe uma resposta

WhatsApp chat