É triste não saber experimentar e aproveitar a solidão, veja o que escreveu Bruno Carrasco em seu livro “Existencialismo e Psicologia”: “O sentimento de solidão não significa necessariamente estar só ou sem companhia. Podemos encontrar pessoas todos os dias, e mesmo assim sentimos a solidão. A cada dia que passa nossas relações sociais se tornam mais enfraquecidas, encontramos pessoas

Logo após o término da Segunda Grande Guerra, a Europa começou a ajuntar os cacos do que restara. Grande parte da Inglaterra estava destruída. As ruínas estavam por todo lugar. E, possivelmente, o lado mais triste da guerra tenha sido assistir as criancinhas órfãs morrendo de fome, nas ruas das cidades devastadas. Certa manhã de

“É preciso que aquele que pensa não se esforce em persuadir os outros a aceitar sua verdade… (Esse é) o lamentável caminho do ‘homem de convicções’; os homens políticos gostam de se qualificar assim. Mas o que é uma convicção? É um pensamento que parou, que se imobilizou, e o ‘homem de convicções’ é um homem tacanho; o pensamento

Há muitos anos vivo parte do meu tempo no Brasil e parte em Munique, ainda não consigo viver só em Munique. Estive lá pela primeira vez assistindo uma reportagem na televisão. Fiquei encantado com a educação dos motoristas que param o carro quando um pedestre põe o pé na rua. Vi também que os pedestres

  • 1
WhatsApp chat