Dicas contra o mau humor

O mau humor é sorrateiro. Pode aparecer tanto em resposta a um acontecimento chato quanto de maneira súbita. Às vezes, já acordamos mal-humorados e passamos o dia inteiro assim, prontos para atacar com grosserias quem decidir comentar sobre a diferença em nossas feições, não é?

Seja como for, controlar esta oscilação de humor não é uma tarefa simples. Primeiro, não é sempre que conseguimos identificá-la. Quando nos damos conta, já nos encontramos dominados pela frustração, raiva e tristeza. Comentários alheios apontando o mau humor não ajudam a retomar a calma. Pelo contrário, são gatilhos para mais irritação.

Segundo, dependendo da intensidade, elevar o humor exige paciência e perseverança. As pessoas mal humoradas manifestam o seu estado de espírito através da ansiedade, pânico, culpa, preocupação e vergonha.

Logo, encontrar estratégias para afastar esses sentimentos demanda tempo e muitas tentativas para descobrir a melhor alternativa.

Como afastar o mau humor?

Opiniões sobre o tratamento do mau humor divergem. Alguns acreditam ser necessário descobrir a causa da mudança do temperamento enquanto outros preferem concentrar as energias em melhorar o humor.

Alguns elementos comuns à vida de todas as pessoas podem explicar a oscilação: estresse, excesso de trabalho, filhos que demandam muita atenção, vida doméstica cansativa, conflitos interpessoais, demissão, término de relacionamento, entre muitos outros. Então, encontrar a causa pode ser mais fácil do que um tratamento eficaz.

Além disso, se o mau humor é recorrente, é preciso ficar em alerta. Pode ser sinal de depressão ou transtornos mentais que atacam o humor. Como não conseguimos perceber a decadência em nosso estado de espírito com a mesma agilidade de quem nos observa, vale confiar na opinião das pessoas próximas.

Vamos trazer o bom humor ao foco da sua vida?

Silencie a mente

Quando estamos de mau humor, é comum pensamentos negativos inundarem as nossas mentes com pressupostos equivocados. Sentimos vontade de criticar e gritar com todo mundo, mas, como fazê-lo em voz alta não é possível, tendemos a manter a raiva em nossa mente. Silenciá-la é o primeiro passo para afastar o temperamento ruim.

Para afastar os devaneios negativos, você pode respirar profundamente algumas vezes seguidas, praticar meditação ou usar técnicas de relaxamento, como ouvir um áudio próprio para incentivar o corpo a perder a tensão.

Se estiver em um local público, pode afastar as divagações de má qualidade e esvaziar a mente ao focar a atenção em elementos externos, como um objeto de decoração. É raro conseguir essa façanha de primeira, então, não desista até a mente estar silenciosa!

Movimente-se

As atividades físicas têm a capacidade de elevar o humor, pois liberam os neurotransmissores da felicidade no cérebro. Quando estiver mal, deixe o ambiente entre quatro paredes de casa e caminhe ou corra para estimular a produção desses neurotransmissores. Para agilizar o processo, pare no meio do caminho e faça alguns exercícios aeróbicos.

Tome um banho frio

Se você fica extremamente irritado ou incomodado quando está mal-humorado, tome um banho gelado ou jogue um pouco de água no rosto, se você não tiver um chuveiro por perto. Essa tática funciona porque o choque da água fria estimula a produção do hormônio Noradrenalina, capaz de diminuir dores musculares e melhorar o humor.

Desabafe através de escrita

Escrever ajuda muitas pessoas a compreenderem os próprios pensamentos e emoções. Além disso, é uma forma de extravasar sentimentos entalados sem danificar relações. Para isso, use um aplicativo no celular (capaz de ser utilizado em qualquer lugar) ou escreva em um caderno.

Você também pode utilizar a técnica da carta falsa. Ou seja, escrever ou digitar uma carta direcionada a uma pessoa ou situação e não enviá-la. O seu destino pode ser a gaveta ou a lixeira do quarto.

Dessa forma, você consegue se libertar da sensação ruim em seu peito e não prejudicar a relação com as pessoas à sua volta. Esta técnica também pode ser o pontapé para consertar um laço em deterioração.

Veja algo inspirador

Pode ser um vídeo, um programa de TV, um filme ou, se preferir, até um podcast. Busque fontes de inspiração para melhorar o seu humor através de positividade e muitas risadas. Histórias de pessoas sublimes e que superam adversidades afastam até o pior dos maus humores!

Pratique o autocuidado

O autocuidado nada mais é do que o ato de cuidar de você mesmo. Como visto anteriormente, o mau humor pode ser um sintoma da depressão ou de outro transtorno. Mesmo se o diagnóstico não for confirmado, episódios frequentes de humor ruim indicam que você não está cuidando da sua saúde mental. Afinal, o normal é sentir bem!

O autocuidado promove justamente esse zelo consigo mesmo. Portanto, aproveite o mau humor para refletir se está direcionando a sua atenção à pessoa que mais necessita dela: você mesmo.

Faça o que você gosta

Com certeza, você tem algum hobby ou atividade que não vê a hora de colocar em prática após um dia repleto de obrigações. Procure executá-los quando sentir uma decaída no humor, concentrando a atenção no momento de prazer e de conexão consigo mesmo.

Deste modo, você deixa de pensar nas razões pelas quais está irritado e, ainda, previne o agravamento do humor. Por mais que o seu primeiro instinto seja se afundar no pessimismo, lute contra ele.

Sempre lide com o humor ruim

Não ignore o mau humor.

Não tente seguir com o seu dia, semana ou mês, transformando o temperamento irritadiço ou desesperançoso em um companheiro. Talvez você tenha ideias do que pode estar causando este estado emocional e tenha medo de encará-las com a cabeça erguida, mas esta atitude é mais do que necessária.

Não deixe o mau humor tomar o protagonismo no seu dia a dia

Além de contribuir para a elevação do humor, é uma ótima experiência de aprendizado. Portanto, opte por enfrentar o humor negativo sempre que ele surgir em vez de empurrá-lo para debaixo do tapete e esperar que desapareça por conta própria.

Tatiana Pimenta para o blog www.vittude.com
WhatsApp chat