Carpe Diem

Já direto ao ponto!
Carpe Diem et Memento Mori significa: Aproveite o dia, pois você é mortal, você vai morrer! 

Memento Mori, traz uma sábia reflexão para nossa vida, a mortalidade não é uma inimiga como condição e sim uma conselheira

Carpe diem et Memento Mori, não somos exceção.

Se você já leu Meditações de Marco Aurélio, sabe como ele fala constantemente sobre como as coisas fluem, como tudo é passageiro e mesmo a tão amada fama por alguns não é nada para o tempo.

Tudo nessa vida se vai, e nós não somos exceções. Podemos morrer a qualquer momento e de qualquer forma, você não é exceção a regra, alguns sábios diziam que “viver é aprender a morrer”.

Como você está vivendo? Está fazendo as coisas que gosta, as coisas contemplativas que despertam seu interesse? Tendo conversas francas e amigos verdadeiros? Saboreando cada minuto disponível? Ou sendo levado para lá e para cá pelas tendências massificadas?

Nem sempre é necessário atividades complexas para saborear a vida… Ouvir a música, se inspirar em boas leituras, brincar com seu pet, ajudar alguém com seus talentos, ouvir o som do vento nas árvores, ver as estrelas… Existem inúmeras coisas simples e recompensadoras.
Se você morresse hoje, morreria feliz?
Aproveita o dia de hoje, sim, para fazer o bem, para expressar mais qualidades Humanas, pois a morte virá.
“Carpe diem” não pode ser associado puramente com hedonismo, vivendo a vida sem pensar em ninguém e nas consequências de suas atitudes, se dedicando somente ao prazer como estilo de vida.

Carpe diem et Memento Mori, o impacto que essa frase inicialmente pode soar um pouco perturbadora, mórbida, mas como vimos, nada disso é realmente o sentido “verdadeiro”. Ela reflete uma força na natureza e a lembrança da mais pura verdade que tentamos às vezes desviar, não para sermos melhores, mas para que as coisas pareçam mais fácies!

Aproveite o dia, pois você é mortal.

Texto de Rodrigo da Silva para o site crieseudestino.com
WhatsApp chat