ZONA DE CONFORTO

A zona de conforto pode até ser um lugar agradável, mas nada novo acontece lá.

Praticamente tudo o que você deseja em sua vida, mas não tem no momento, está fora da sua zona de conforto e, para obtê-lo, provavelmente você terá que sair da sua zona de conforto e fazer algo novo ou diferente.

O termo “Zona de conforto” se refere a um estado dentro que se opera em uma condição de ansiedade neutra, com um nível estável de desempenho, geralmente sem uma sensação de risco.

Na zona de conforto, não há muito incentivo para se alcançar novos patamares. Mas vida sempre apresenta oportunidades fora zona de conforto, e agarrá-las pode ser difícil. O que geralmente impede as pessoas de sair da zona de conforto é seu estado de espírito. O desconhecido pode ser assustador, mas é necessário enfrentá-lo para que possamos conquistar nossos sonhos.

O medo de sair da zona de conforto não é necessariamente grande, podendo inclusive ser uma etapa necessária no caminho para seus sonhos. É preciso coragem para sair da zona de conforto e enfrentar o medo. O desconhecido pode provocar ansiedade, sendo necessário perseverar por tempo suficiente para entrar na zona de aprendizado, onde você irá adquirir novas habilidades e terá recursos para lidar com os desafios.

Permanecer na zona de conforto nem sempre é prejudicial. Pode ser razoável permanecer em sua zona de conforto ao dirigir o carro que você já tem experiência – mas não para aprender algo novo. O objetivo é entender que há áreas da vida em que estar muito confortável faz mais mal do que bem.

Para sair da zona de conforto pode ser preciso um empurrãozinho, que pode vir de você mesmo. Lembre-se de que não existe “fracasso” se você aprender algo com isso. Como disse Henry Ford: “há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam”.

Após um período de aprendizado fora da zona de conforto, uma nova zona de conforto é criada, ampliando a sua capacidade de atingir conquistas ainda maiores.

Por: Thiago Sian Andriolo - Psicólogo e Psicoterapeuta
WhatsApp chat